Como calcular a média do Enem

Ao realizar um concurso, boa parte das pessoas fica ansiosa pelo resultado final. “Será que fui bem? Fui aprovado? Tirei uma boa nota?”, essas são algumas das frequentes perguntas. Com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não é diferente. Além disso, quando divulgados os resultados, candidatos por todo o país ficam em dúvida sobre como calcular a média do Enem.

nota do Enem não é feita por um modelo simples de pontuação, com questões certas e erradas. Em cada uma das áreas de conhecimento que estão nas provas do Enem é utilizada a Teoria de Resposta ao Item (TRI). A TRI tem como função observar o comportamento dos candidatos ao realizarem as provas. Assim, uma questão considerada difícil valerá mais que uma considerada fácil.

É muito comum, estudantes acertarem o mesmo número de questões e, ao se depararem com o resultado final do Enem, terem notas diferentes. Com o uso da TRI, os participantes do Enem não podem calcular as suas notas, justamente pelos pesos atribuídos às questões. Porém, para você saber seu desempenho geral, é possível calcular a sua nota média do Enem.

 

média do Enem é feita a partir da soma das notas das provas (Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação), e a divisão desse resultado por 5. É simples assim calcular a média do Enem.

Ao contrário do que muitos pensam, apenas a nota da redação vai de 0 a 1.000. As outras notas variam de acordo com a edição do Enem, justamente pelo uso da TRI. No Enem 2011, por exemplo, a menor nota de Matemática e suas Tecnologias foi 321,6, já a maior foi 953. Mas isso não significa que uma nota 600 seja ruim, a TRI trabalha para que maior parte dos estudantes consiga cerca de 500 pontos. Uma pontuação maior que 500 está acima da média nacional do Enem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FGTS

X