Tudo o que precisa saber cursos financiados

Os cursos financiados e formação financiada, estão direcionados para pessoas com mais de 18 anos, que não tiveram a possibilidade de terminar os seus estudos, permitindo-lhe obter qualificação e um certificado numa área à escolha, entrando assim no mundo do trabalho. Estes cursos são inteiramente financiados pelo Estado, com ajuda de fundos europeus, para que haja uma maior qualificação no que diz respeito ao mercado de trabalho e que estas pessoas tenham uma nova oportunidade de refazer o seu percurso profissional. Existem muitos destes cursos espalhados um pouco por todo o país, com uma grande variedade de ofícios, fazendo com que estas pessoas tenham uma formação adequada e enquadrada com aquilo que mais gostam e sabem fazer.

Estes cursos de formação profissional são de cariz prático, ensinados com métodos inovadores que cativam as pessoas e, consequentemente, faz com que estas aprendam mais e estejam bem preparadas para o ofício que escolheram. Alguma formação extra pode também ser considerada como curso financiado neste caso que capacitam a pessoa que o tirar com uma qualificação superior e por isso com um melhor currículo em comparação com outras pessoas.

Quais os requisitos para se candidatar a cursos financiados

A maioria dos cursos financiados é equivalente ao 12º ano, mas também existem alguns equivalentes ao 9º ano. A oferta formativa depende da região do país onde se encontra, pois em algumas zonas onde o insucesso escolar é mais frequente, existem mais cursos deste gênero para dar oportunidade à população de concluir o ensino escolar obrigatório. Atualmente o mercado de trabalho exige cada vez mais competências comprovadas de nível 3 (12º ano) e estes cursos profissionais são perfeitos para obter a formação necessária e estar apto para o mundo do trabalho.

As pessoas que podem frequentar estes cursos não podem ter o 12º ou 9º ano, dependendo do nível terminado, tendo direito a ajudas de custo, seja de alimentação ou transporte. A grande maioria dos cursos são leccionados em horário pós-laboral de forma a possibilitar a todos os que queiram completar os seus estudos frequentar estes cursos.

Que tipos cursos financiados existem?

Existem vários cursos que vão desde as artes, passando pelas tecnologias e terminando nas humanidades. A formação é para todos os gostos e feitios, sendo que na maioria dos casos, permite conseguir emprego com facilidade. Os mais comuns são:

Humanidades:
Técnico de Secretariado
Práticas administrativas
Práticas de Ação Auxiliar
Técnico de Serviços Judiciais
Técnico de Organização de Eventos
Interpretação e Animação Circenses
Cenografia, Figurinos e Adereços
Técnico de Marketing
Técnico de Vitrinista
Técnico de Museografia e Gestão do Patrimônio
Técnico de Biblioteca, Arquivo e Documentação
Tecnologia
Técnico de Gestão de Programação de Sistemas Informáticos
Técnico de Informática de Gestão
Técnico de Fotografia
Técnico de Electródica e Telecomunicações
Técnico de Mecatrônica
Instalação e Reparação de Computadores
Economia:
Técnico de Gestão
Técnico de Contabilidade
Técnico da Banca Seguros
Técnico de Comércio
Técnico de Vendas
Atividades agrícolas e agro-alimentares
Técnico de Produção Animal
Técnico de Produção Vegetal
Técnico de Jardinagem e Espaços Verdes
Construção civil
Técnico de Frio e Climatização
Técnico de Construção Civil
Técnico Instalador de Sistemas Solares Fotovoltaicos
Saúde
Técnico de Análise Laboratorial
Técnico de Higiene e Segurança do Trabalho e Ambiente
Técnico de Óptica Ocular
Estes são apenas alguns exemplos, existem muitos mais disponíveis, é uma questão de procurar nos centros de formação e institutos da sua área de residência.

Onde posso encontrar estes cursos?

Comece por procurar os centros de formação profissional na sua área de residência ou institutos que tenha acordos com o Estado para leccionar estes cursos financiados. O portal do centro de emprego é um bom ponto de partida pois aí estão referenciadas todas as escolas e centros formativos existentes. http://www.iefp.pt/formacao

 

 

Normalmente são cursos profissionais pós-laborais, embora existam alguns específicos para pessoas que estejam

cursos financiados

no desemprego. Atualmente, devido ao programa Novas Oportunidades, existem muitos cursos financiados, um pouco por todo o país. No entanto, se uma formação específica só existir em determinada região, o curso abrange o financiamento do alojamento inclusive. Desta forma torna-se mais simples tirar o curso que sempre quis e nunca teve oportunidade.

Se está no desemprego e quer terminar o 12º ano ou se está empregado, mas é lhe exigida a equivalência ao secundário, ou quer ter mais qualificações profissionais, esta é sem dúvida a oportunidade perfeita para si. Porque espera? Inscreva-se hoje mesmo num dos muitos cursos financiados pelo Estado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *