SEGURANÇA DO TRABALHO

O profissional da área de segurança do trabalho faz parte de uma equipe, ou é responsável por ela mo desenvolvimento de medidas adotadas com o objetivo de garantir o bem-estar, a saúde e a segurança de todo e qualquer funcionário, em diferentes segmentos da economia.

 

O curso técnico que habilita um indivíduo para o exercício dessas funções coloca o profissional em contato com todas as situações que devem ser avaliadas, bem como, todas as resoluções das quais uma empresa deve dispor para que todas as medidas que dizem respeito à segurança do trabalho sejam desenvolvidas de forma adequada.

 

Quando um projeto voltado para este campo se inicia dentro de um determinado ambiente corporativo, a primeira medida adotada pela equipe responsável pela segurança do trabalho naquele local é a análise detalhada para que se identifique todos os pontos que devem ser trabalhados no projeto.

Ou seja, cabe à equipe responsável mapear todos os fatores de risco existentes no ambiente de trabalho, para que seja traçado um plano correto e eficaz para que seja apresentado aos funcionários – que também possuem responsabilidades na execução deste plano.

A legislação do trabalho prevê todas as ações que devem ser tomadas pela equipe de profissionais e pelos funcionários de uma empresa – sendo o grupo responsável por essas ações nos ambientes corporativos chamado CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.

O responsável por esse grupo é o profissional técnico em segurança do trabalho e suas principais atribuições nesta função são o planejamento e a correta execução das medidas adotadas em uma empresa; o acompanhamento de todas as atividades relativas às ações de segurança do trabalho; constante monitoramento e documentação de todas as ações e situações nas quais seja necessária sua intervenção; promover a educação dos funcionários com relação a segurança do trabalho, por meio da realização de cursos, palestras e material informativo; oferecer correta orientação sobre determinados equipamentos que podem ser utilizados em um ambiente de trabalho, com o objetivo de garantir a correta prevenção de acidentes, entre outras atividades.

 

 

FORMAÇÃO E MERCADO DE TRABALHO

Para que um profissional esteja apto a realizar todas essas atividades é necessário que se realize um curso técnico em segurança do trabalho, que pode ser feito quando o indivíduo finaliza sua formação do Ensino Médio.

O tempo médio para a conclusão do curso técnico é de 2 anos, porém, este período pode variar de acordo com a instituição de ensino escolhida para estudo.

Durante o programa educacional, o aluno terá contato com todas as situações que podem determinar fatores de risco em um ambiente de trabalho, bem como toda a legislação para este segmento, aspectos da questão social, medidas adotadas para diferentes casos e todas as demais atribuições que fazem parte da rotina de um técnico em segurança do trabalho.

Ainda, algumas das características que determinam o perfil deste profissional são a capacidade na avaliação de questões e tomada de decisão, grande senso de responsabilidade – uma vez que seu trabalho envolve o bem estar e a saúde de outros indivíduos – e a atenção aos detalhes que podem representar pontos importantes em seu trabalho.

O mercado para o técnico em segurança do trabalho é bastante amplo, pois empresas de todos os segmentos possuem comissões para prevenção de acidentes, desde micro e pequenas empresas até as multinacionais, com o objetivo de cumprir todas as determinações vigentes nas leis trabalhistas do país. De forma geral, a oferta de empregos para estes profissionais é mais efetiva em grandes capitais, pois elas recebem empresas de grande porte em maior número; desta forma, a demanda por profissionais que sejam responsáveis pela segurança de milhares de funcionários torna-se cada vez maior em todo o país.

Cursos Técnicos Senac Conheça esses cursos também

ONDE ENCONTRAR CURSO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO

SENAC – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial: A escola está presente em todo o território nacional e oferece um programa de formação para a área. Todas as informações estão no endereço eletrônico a seguir, onde o aluno pode selecionar o curso de acordo com sua localidade: www.senac.br.

 

IF – Instituto Federal Rio Grande do Sul: A instituição gaúcha oferece o curso técnico em segurança do trabalho com duração total de 2 anos. Para mais informações, basta acessar o link a seguir: www.etcom.ufrgs.br .

 

Colégio Integrado Polivalente: A escola oferece o curso que é ministrado por meio do sistema EAD – educação a distância, deste modo, o aluno pode adequar seu horário de estudos à sua rotina. Mais informações neste link: www.colegiopolivalente.com.br .

 

FAEMA – Faculdade de Educação e Meio Ambiente – Rondônia: O curso oferecido na instituição da região norte do país é dividido em módulos de ensino e todo o conteúdo programático está descrito no endereço eletrônico da faculdade, neste link:  www.faema.edu.br .

 

PUC-PR – Pontifícia Universidade Católica do Paraná: A universidade oferece curso técnico para formação em segurança do trabalho e todas as informações estão no endereço eletrônico a seguir: www.pucpr.br .