curso técnico porque fazer um

Curso técnico Porque fazer um ! O valor do técnico no mercado!

A princípio, podemos afirmar que, para a grande maioria das famílias brasileiras, o sonho da faculdade é uma das principais metas de realização pessoal. De maneira idêntica, pode-se dizer que, fazer um curso técnico também é uma meta de realização. Entretanto, durante muitas décadas e gerações, um curso técnico esteve nos objetivos de quem não podia arcar com custos de uma faculdade.

Porém, depois dos avanços tecnológicos e as facilidades, tanto para um curso superior, quanto para fazer um curso técnico, tudo mudou radicalmente. Antes, os profissionais com um curso técnico, eram empregados com uma posição de necessidade operacional de uma empresa, com média remuneração e facilmente substituíveis. Do mesmo modo, eram os profissionais que precisavam apenas cumprir uma função específica no elo da cadeia de produção. Hoje, os técnicos de uma determinada função, são especialistas, assessores e consultores dessa função, antes tão simples e apenas interessante.

Atualmente, os técnicos em qualquer área, possuem capacitação das habilidades práticas e teóricas, conhecimentos tecnológicos e autonomia da função. Nesse sentido, fazer um curso técnico é estar apto para suprir as demandas específicas do mercado de trabalho, tornando-se quase que, um colaborador indispensável.

Em suma, os cursos técnicos se tornaram efetivamente, o caminho mais rápido ao conhecimento específico e a oportunidade ideal a quem deseja uma entrada imediata no mercado de trabalho.

Sob o mesmo ponto de vista, sabe-se que os estudantes que passam pelo ensino técnico, têm muito mais chances de achar trabalho na própria área de atuação. Uma pesquisa recente do SENAI, atestou que mais de 70% dos técnicos recém-formados, tinham trabalho em menos de um ano.

Hoje, uma profissionalização técnica é sinônimo de um bom ganho salarial.

 

O PRONATEC como referencia para fazer um curso técnico

Primeiramente, o PRONATEC como uma ferramenta de acesso educacional destinada aos estudantes e também aos trabalhadores que querem aprimorar especialidades, é o melhor programa do MEC na área técnica. Possui o foco na expansão e democratização na oferta de cursos técnicos e profissionais de nível médio, inclusive, cursos de formação inicial e continuada para trabalhadores.

Em outras palavras, O programa facilita o ingresso dos jovens e adultos de baixa renda, para fazer um curso técnico de qualidade. Isso se efetua através da oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, em caráter gratuito. Do mesmo modo, esses cursos profissionalizantes e técnicos são de alta taxa de empregabilidade, tornando-se mais interessantes aos jovens que precisam entrar mais rápido no mercado de trabalho. Atualmente, o programa oferece uma alternativa mais atrativa e compensadora, pela oferta de cursos EAD.

Da mesma forma, os cursos em oferta pelo Pronatec, além de gratuitos, possuem carga horária menor, em comparação com cursos de graduação. Entretanto, é suficiente para proporcionar conhecimentos básicos da área e capacitar com qualidade, sobretudo, atender as necessidades do mercado.

Com efeito, o PRONATEC atua em parceria com as redes federais, estaduais, distritais e municipais de educação profissional e tecnológica. Tem parceria com instituições da rede privada e com o Sistema S de ensino especializado (SENAI, SENAC, SENAR E SENAT).

Como resultado, sendo um programa abrangente e com foco em atingir muitos estudantes, o PRONATEC possui duas linhas de formação, os cursos técnicos e a Formação Inicial e Continuada (FIC). Na primeira modalidade em fazer um curso técnico, o aluno se capacita para atuar em setores de produção e serviço. Na FIC, a formação é mais específica e atende os estudantes do ensino médio e trabalhadores em processo de reabilitação profissional.

 

Sugestão de cursos técnicos do PRONATEC

Com o foco em profissionalizar com qualidade e, proporcionar oportunidades no momento atual do país, o Pronatec acaba de oferecer mais de 770 vagas em cursos gratuitos online (EAD). Para quem deseja fazer um curso técnico, a oportunidade se compõe de cursos com qualificação profissional, inclusive, com certificação.

A princípio, a Secretaria de Inovação e Desenvolvimento do Espírito Santo, é o órgão responsável pela gerência das qualificações. Dessa forma, no conteúdo dessa oferta estão disponíveis, nove opções de cursos com a carga horária de 160 a 240 horas.

Acima de tudo, esse programa se compõe de cursos de capacitação profissional, aperfeiçoamento e atualização profissional de trabalhadores em vários níveis de formação escolar. Por outro lado, também oferece cursos especiais e de livre oferta. Nesse caso, são curso abertos à comunidade em geral. Em suma, disponibiliza também, cursos de qualificação profissional integrados aos itinerários formativos do sistema educacional.

Requisitos para fazer os cursos técnicos

Em síntese, conforme Edital em publicação desde o dia 18 de agosto deste ano, se exige a idade mínima de 16 anos. A escolaridade tem exigências aos interessados em fazer um curso técnico, de acordo com cada modalidade de curso.

Inscrição

Primeiramente, os interessados precisam preencher o formulário de cadastro no LINK abaixo. Logo em seguida pode-se fazer a inscrição on-line. Desse modo, todos concorrem às vagas, para fazer um curso técnico, de forma gratuita, com Certificados de qualificação profissional, pelo PRONATEC.

https://inscricao.inovacaoedesenvolvimento.es.gov.br/

Nesse sentido, a classificação dos candidatos acontece pela ordem de inscrição dos candidatos, que cumprirem as condições do Edital. O resultado final terá divulgação, no mesmo site, no dia 15 de setembro de 2021, inclusive, com a divulgação da lista de suplentes.

 

Relevância em fazer cursos técnicos

De antemão, se pode afirmar que um aprendizado é fundamental para a formação profissional de todos os seres humanos. É pelo estudo que alguém ganha conhecimentos e prática para desafiar as dificuldades para uma boa carreira. Atualmente, são muitas as opções de ensino para se seguir uma profissão. Temos os cursos de graduação, técnicos e tecnólogos, entre muitas outras.

Sob o mesmo ponto de vista, fazer um curso técnico é hoje, uma das melhores opções para o mercado de trabalho. A princípio, os cursos técnicos conquistaram os alunos que buscam uma carreira profissional e um espaço no mercado. Principalmente, pelo período menor de formação, em relação a um curso superior, além disso, com conteúdo e prática em foco direto na demanda de mercado.

Definitivamente, uma formação técnica de qualidade auxilia um estudante a um futuro promissor, onde o mercado de trabalho se torna, frequentemente, mais exigente e competitivo. Por outro lado, uma certificação como técnico, valoriza muito qualquer currículo.

De fato, os cursos técnicos têm duração média de 1 ano e meio e, dessa forma, garantem um acesso mais rápido a uma certificação, em áreas que demandam novos profissionais.

Em síntese, um dos maiores benefícios de fazer um curso técnico, está na vantagem de aprender uma profissão, onde o conteúdo é em direção da área profissional e necessidades.

Com uma qualificação dessa, o profissional adquire experiência e ganha um caminho mais fácil ao mercado de trabalho. Acima de tudo, os cursos técnicos capacitam um profissional e, sobretudo, proporcionam a possibilidade de trabalhar, mesmo durante o curso, como jovem aprendiz, estagiário ou trainee.

Assim, os cursos técnicos mudam a rotina de um estudante. Abre portas para o mercado. As escolas técnicas ofertam, uma enorme variedade de cursos técnicos, para o ingresso no mercado com rapidez e qualidade.

Pontos importantes para escolher um curso técnico

Primeiramente, considerando um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, ninguém pode estacionar no tempo, se quiser ter as melhores oportunidades profissionais se destacar. Portanto, uma boa formação profissional e conhecimento técnico específico, na função que se deseja, será o diferencial que o mercado espera.

Por isso, os cursos técnicos podem ser o caminho mais rápido ao conhecimento específico e, sobretudo, a oportunidade para o ingresso imediato no mercado de trabalho.

Podemos citar alguns pontos importantes, como vantagens de se fazer um curso técnico.

Rapidez na formação

A rapidez em fazer um curso técnico, é uma das grades vantagens. Do mesmo modo, neles se ensina tudo o que se deve conhecer para uma nova profissão. Além de tudo, mostram a aplicação dos ensinamentos, na prática.

Mensalidades

Nem todos os cursos técnicos, mesmo em EAD, são gratuitos. Entretanto, quando são pagos, os valores das mensalidades são justos e adequados ao estudo. Existem as variações de acordo com cada especialidade, no entanto, ainda são muito mais baratos aos similares em Escola de nível superior.

Aceitação no mercado

Até poucas décadas, o mercado demandava, de forma específica, profissionais que perdiam o trabalho nas grandes universidades. Hoje, com a crise econômica global, são os graduados em Bacharelado que engrossam a fila do desemprego. Como resultado, acontece uma maior contratação de profissionais técnicos, em todas as áreas da economia.

Rápida ocupação no trabalho

Na formação técnica, se tem o estágio durante o curso. Assim, o técnico formado assume plenamente o cargo, pulando as etapas de estagiário, período de baixa remuneração e muito trabalho.

Ótimos salários e retorno financeiro

Técnicos em falta no mercado de trabalho, ganham muito mais pelo desempenho, na posse de uma profissionalização técnica.